oficina de percussão do quizomba

Vem aprender a tocar um instrumento e ainda desfilar em um dos maiores bloco do Carnaval de Rua do Rio de Janeiro e de São Paulo.

OFICINA DE PERCUSSÃO

Alô Cariocas e Paulistanos!

Chegou a sua hora de fazer parte da Magnética, a bateria do Bloco Quizomba!

Nossas oficinas de percussão são ideais para quem quer conhecer gente animada e festeira, desenvolver seu lado musical, aprender um instrumento e se divertir tocando nas festas e no desfile de rua do Bloco Quizomba no carnaval do Rio e de São Paulo.

Ao iniciar a oficina você escolhe um instrumento entre surdo (1ª, 2ª e 3ª), caixa, repique, tamborim, chocalho e agogô e segue de maio até fevereiro com professores altamente qualificados aprendendo a tocar vários ritmos, como Samba, Funk, Pop, Rock, Axé, Samba Reggae, Frevo, Marchinha.

O Quizomba sempre apresenta um repertório de sucessos misturando músicas de escolas de samba com grandes artistas como Tim Maia, Benjor, Ivete, Netinho, Alceu, Paralamas, Caetano Veloso, Skank, O Rappa, Nirvana, Titãs,  entre outros.

Para participar não precisa ter qualquer experiência musical, pois começaremos do nível básico. Do Zero! Fornecemos os instrumentos para a aula.

Além das apostilas e vídeo aulas, utilizamos o método de musicalização chamado “O Passo”, criado e desenvolvido pelo mestre Lucas Ciavatta. Esse método nos possibilita uma comunicação clara e objetiva, o que ajuda muito no aprendizado e desenvolvimento musical do aluno.

Acreditamos que, através da música, podemos tocar e mudar a vida das pessoas, ajudando em seu desenvolvimento pessoal e profissional.

O Quizomba! é um bloco que agrega, que une pessoas. Uma verdadeira família! Isso pode ser visto com muita frequência na cerveja pós aula ou nos eventos que os batuqueiros marcam juntos nos finais de semana.  Por isso falamos que o Quizomba! é mais que um bloco, é um estilo de vida, com muita música e alegria.

Venha fazer parte da Bateria do Bloco mais animado do Brasil!

inscrições abertas para oficina de percussão 2020/2021:

Oficina Rio de Janeiro

Local: Circo Voador, Lapa.
End: Rua dos Arcos s/n
Horário: Quarta-feiras, das 19h às 21h.
Início das aulas: 6/Maio/2020
Duração: de maio/2020 a  fev/2021
Mensalidade: R$ 230,00

Oficina São Paulo

Local: Espaço 170, Vila Madalena
End: R. Inácio Pereira da Rocha, 170
Horário: Quinta-feiras, das 20h às 22h
Início das aulas: 6/Maio/2020
Duração: de maio/2020 a  fev/2021
Mensalidade: R$ 230,00

 

instrumentos da OFICINA DE PERCUSSÃO

Tamborim

Considerado um instrumento de desenho, criando frases que se harmonizam com a melodia e o ritmo, o tamborim também pode servir como instrumento de condução, quando tocado no “carreteiro”. Muito procurado nas oficinas por ser leve, fácil de transportar e ter uma grande variação de toques, é um instrumento que deve ter muita dedicação para aprender pelo seu grau de dificuldade

caixa

Instrumento de condução, a caixa é responsável por manter a sustentação rítmica. Nas escolas de Samba cada agremiação tem sua batida particular de caixa o que define o swing da escola  no desfile de carnaval.

Agogô

A palavra “agogô” vem do Iorubá, que significa sino. Instrumento de desenho, é oriundo das religiões afro-brasileiras e dos grupos de afoxé que tem como base o ritmo Ijexá. Nas escolas de samba foi adaptado com 4 campanas (bocas) e remete sempre a Império Serrano, escola clássica que sempre deu grande relevância ao instrumento em sua formação de bateria.

surdo

Instrumento de marcação, é quem dá a referência de tempo e andamento para os outros instrumentos tocarem. Geralmente se dividem por tamanho e afinação em surdos de 1ª, 2ª e 3ª. O 1ª e 2ª são maiores e usados para marcação enquanto o 3ª é mais agudo e utilizado para corte realizando desenhos propostos pelo mestre

chocalho

Também conhecido como ganzá, os chocalhos são instrumentos de condução que fortalecem a sustentação rítmica da bateria com seu som agudo e contínuo. Costumamos dizer que é o som da locomotiva conduzindo a bateria.

repique

Instrumento de condução, também é responsável em fazer as “chamadas” e “subidas” da bateria. Em toda escola existe o “repique mor” ou “pica pau”, percussionista do repique que executa essas perguntas para a bateria responder.

Vídeos Oficina de Percussão Quizomba